Os Malefícios da Ingestão de Açúcar por Bebês e Crianças

As crianças em fase de desenvolvimento devem ter uma alimentação saudável e balanceada.

Uma das dúvidas que os pais sempre tem é sobre a ingestão de açúcar.

Criança pode comer açúcar? Se pode, em a partir de que idade? Qual a quantidade que uma criança pode ingerir?

Deve haver uma separação entre o quanto de açúcar pode ser consumido até 2 anos e depois dos 2 anos de idade.

Até 2 anos o recomendado que a criança não consuma absolutamente nada que tenha açúcar adicionado.

3 razões principais para não oferecer doces as crianças

Isso cria um hábito ruim na criança, pois o corpo humano se acostuma muito fácil com o gosto doce. Isso ocorre porque o nosso organismo tem uma facilidade maior para aceitar o gosto doce.

O leite maneiro, por exemplo, já possui um gosto doce, então é mais fácil de o bebê se acostumar com comidas doces.

Se essa criança criar muito cedo o hábito de consumir muitos doces ela terá uma facilidade maior de desenvolver obesidade, síndrome metabólica e diversas doenças cardiovasculares.

O segundo ponto importante é que uma criança que come comida com muito açúcar adicionado terá a tendência de preferir comidas não saudáveis no lugar de alimentos mais saudáveis e mais nutritivos.

O terceiro ponto é que uma dieta rica em açúcar facilita o surgimento de cáries e pode sobrecarregar o pâncreas do bebê. Além disso, também pode alterar o paladar da criança.

O adoçante igualmente não deve ser dado a criança, pois esse é outro produto industrializado e não traz benefício algum para a alimentação da criança.

O cuidado com a alimentação dos filhos deve começar desde o início na primeira infância quando o paladar da criança está sendo moldado. Se os pais acostumarem os filhos a comerem coisas muito doces logicamente as crianças vão preferir esses tipos de alimento.

Por isso, desde cedo deve-se incentivar e oferecer alimentos mais saudáveis e rico em vitaminas.

Quando as crianças possuem uma alimentação toda desregulada, quando vier a chegar na fase adulta pode vir chegar a sofrer problemas muitos sérios de saúde, como por exemplo o aumento dos níveis de colesterol e a diabetes.

Doces após os 2 anos

Após os 2 anos de idade o recomendado é 25g. Uma forma mais fácil de pensar nessa quantidade é medir em colheres de chá. Seria mais ou menos o equivalente a 6 colheres de chá.

O jeito de controlar esse consumo de açúcar é ficar atento as embalagens dos produtos que a criança consome e observar a quantidade de açúcar por porção.

Uma outra recomendação é o controle do consumo de açúcar em bebidas, como por exemplo refrigerantes, sucos enlatados e artificiais. O limite semanal é de 240ml.

Então, se uma latinha que normalmente possui 350ml, não daria para tomar nem uma lata inteira por semana.

Esse controle pode parecer um exagero, mas os pais devem lembrar que foi o próprio ser humano criou esse tipo de bebida. Esses líquidos com quantidade excessiva de açúcar não são naturais e nem benéficos e é por isso que nosso organismo não aceita essa dose tão alta de açúcar.

Se formos analisar quantos gramas de açúcar possui uma lata de refrigerante, por exemplo, os valores costumar ser de 36 a 39g de açúcar por latinha. Já o suco enlatado que muita das vezes parece mais saudável pode chegar ter até 49g de açúcar por latinha.