Os Benefícios da Atividade Física durante a Gestação

Uma das grandes dúvidas das futuras mamãe na gravidez é sobre a possibilidade de praticar algum tipo de atividade física.

As gestantes não só podem como devem praticar atividade física. A grávida que não tem nenhuma contra indicação do seu médico e não tem nenhum sangramento, perda de líquido, dor ou trabalho de parto prematuro, pode sim se exercitar.

É muito importante que a gestante peça liberação de seu médico e obstetra antes de iniciar a prática de qualquer tipo de atividade física. Eles irão fazer todo o acompanhamento da gestação até a hora do parto.

O médico poderá solicitar exames e verificar durante todo o período a saúde tanto da gestante quanto do bebê. O obstetra que dirá se a mulher está apta ou não para a prática de exercícios. 

Os benefícios dos exercícios para a grávida, assim como para todas as pessoas são muitos. Em primeiro lugar, o bem-estar proporcionado pelo exercício é muito positivo e também ajuda a minimizar os sintomas e os desconfortos da gravidez.

Os principais benefícios são:

  • Diminui a chance de diabetes gestacional, hipertensão e pré-eclâmpsia
  • Evita que a mãe e o bebê ganhem muito peso.
  • Melhor recuperação de peso que tinha antes da gravidez
  • Com o fato de ganhar menos peso ajuda a prevenir estriar
  • Ajuda melhorar a frequência cardíaca e respiratória;
  • Fortalece a musculatura

A gestante pode fazer qualquer tipo de exercício?

A resposta para essa pergunta é DEPENDE.

Dependerá do tipo de exercício que ela fazia antes de engravidar.
De maneira geral, uma mulher que tem uma vida ativa que pratique atividade física ou algum esporte, não precisa parar de fazer essa atividade.

Se a mulher nunca praticou nenhum tipo de atividade e engravida, o recomendável é que espere passar os 3 primeiros meses.
Agora se a mulher já tinha essa prática antes de engravidar ela deve continuar, porém de uma maneira mais leve diminuindo a intensidade. 

A intensidade vai depender do nível de condicionamento físico de cada mulher.

Para uma mulher que é atleta, por exemplo, poderá fazer um exercício com intensidade moderada. Diferentemente acontecerá com uma mulher que sempre teve uma vida sedentária.

A gestante deve procurar um tipo de atividade que ela goste de fazer. Lembrando que não se deve fazer nenhum tipo de atividade que cause impacto na barriga ou que a mulher possa vir a cair.

Modalidades de Exercícios mais indicadas na Gestação

De modo geral, as atividades são divididas em baixo, médio e alta risco.

As atividades de baixo risco são recomendadas para todas as gestantes saudáveis inclusive aquelas que vão começar a praticar algum exercício na gestação e que não se exercitavam anteriormente.

São exemplos de atividades de baixo risco:

  • Caminhada rápida
  • Corrida leve
  • Natação
  • Hidroginástica
  • Yoga

As atividades classificadas como de médio risco são:

  • Musculação
  • Atividades aeróbicas
  • Tênis

Esses exercícios devem ser contínuos pela gestante que já praticavam, porém em intensidade menor.

As atividades de alto risco são aquelas que não podem ser praticadas pela gestante em nenhuma fase da gestação.
São basicamente as atividades esportivas como futebol, basquete, vôlei, as lutas e corrida intensa.

As principais atividades físicas na gravidez são na água, pois não tem tanto impacto.

Uma das atividades muito procurada pelas gestantes são o pilates e a yoga, pois são atividades que trabalham o assoalho pélvico e fazem exercício da musculatura fazendo com que fortaleça o peso do abdômen.

Até quando a gestante pode praticar atividade física?

Não existe um limite determinado. Algumas gestantes praticam atividades até a semana do parto.

Por isso é importante a liberação e acompanhamento do médico e que a gestante se sinta bem na prática de tais atividades.